Same Mistakes - 4º Capítulo.

1 de jun de 2013 | | |
"You're perfect to me" - Little Things

Conhecendo 
Lira Tiffany.

- Ora, Ora, Ora, mas se não é a Srta. Shaaaaay. – Falou e eu levantei mais minha cabeça assustada... Liam? Quando olhei para seu rosto, não era Liam. Era um garoto lindo, de olhos verdes e cabelos encaracolados. Seus lábios eram bem avermelhados e seu olhar era penetrante. Olhei para ele assustada e ele riu. – O que acha que eu vou fazer? – Permaneci em silêncio, enquanto toda a sala aguardava alguma reação maldosa de sua parte. – Relaxa, eu não vou te empurrar da cadeira como aqueles garotos ali – apontou. – fariam. Sou um garoto educado. – Sorriu, meu Deus. Que sorriso lindo!
- Ahm... ér... – Eu falei e não consegui terminar. Não sei como confundi este garoto lindo e educado com o Liam, o Liam fala rápido e não faria isso, ele empurraria sim minha cadeira. Este fala mais devagar...
- Eu sou o Harry, Harry Styles. – Deu a mão para eu apertar. Tentei sorrir e dei a mão para ele também.
- Eu sou S/N, e bom, acho que você já sabe meu sobrenome.
- Eu sinto muito... – Olhei novamente para baixo e novamente uma lágrima escapou dos meus olhos. Ele levantou meu rosto e limpou minha lágrima com seu dedão delicadamente. Me deu um abraço e foi para seu lugar.

O professor de álgebra entrou na sala e começou a aula. Trocávamos olhares e toda vez que isso acontecia, ele sorria. Percebi que havia uma loira azeda nos observando com uma cara de taxo, mas eu não liguei. Depois teve aula de matemática, português, biologia e finalmente redação. Eu adoro redação. Amo escrever.
A professora de redação elogiou minha redação e até quis ler ela, mas eu não quis. A maneira que os alunos da sala me olhavam era torturante.
Bateu o sinal e eu estava saindo normalmente da sala quando uma garota loira, toda de rosa, salto alto e uma micro-saia que dava para ver quase tudo que tinha ali, era uma verdadeira “bitch”. Ela me empurrou e eu caí perto da parede, chutou minha perna e disse:

- Fica longe do Styles, entendeu? – E saiu com aquele salto gasto e horrível. Mocréia. Eu doaria umas roupas para ela, mas ela não merece.
É para eu ficar longe de quem? Oxe, louca.

Tentei levantar umas 4 vezes e desisti. Minha perna doía. Vocês podem pensar “nossa, que fresca”, mas não é isso, ela chutou justo a perna que eu já quebrei... caramba, já comecei a odiar essa menina.
Desisti de levantar e fiquei ali por uns 15 minutos. Passavam milhares de pessoas por mim. Teve uma que tropeçou na minha perna e ainda disse para eu colocar ela para dentro, minha cara de dor me entregava, mas estas não ligavam. Até que veio um menino. Outro menino lindo, olhos cor de mel. Ele chegou perto de mim e me ajudou a levantar. Fiquei apoiada em seu ombro.

- Nossa, você foi a única pessoa que teve a decência de me ajudar... – Disse mancando até o banquinho do jardim da escola.
- Eu vi tudo, só não cheguei antes porque tive vergonha. Bom, eu sou Stefan, Stefan Loriatto. Você é a S/N Shay, né? – Assenti e ele sorriu. – Eu entendo o que você está passando. Perdi minha mãe quando eu tinha 12 anos. Eu era muito ligado à ela... – Olhou para o chão e avistou uma flor a qual se concentrou para chorar.
- Eu sinto muito Stefan... – Ele levantou a cabeça e eu o abracei. Senti uma energia verdadeira vindo dele. Ele desabraçou e sorriu.
- Bom, não precisa me chamar de Stefan, pode me chamar de Tartaruga Ninja. – Riu e eu ri muito alto, talvez alto demais. Todos olharam para mim. 
- Você está brincando, né? – Parei de rir.
- Ahm... não. – E comecei a rir de novo.
- Quer comer algo? Estou morrendo de fome, a cantina tem um sanduíche natural, que é uma delícia.
- Ahm... claro. – Tentei sorrir e fomos em direção à cantina.

Chegando lá, eu sentei numa das mesas do pátio e ele foi comprar dois sanduíches para nós. O que custa comer? Conheci alguém legal nesta escola.
Ele chegou e eu peguei o sanduíche. Comi uns quatro pedaços e não quis mais.

- Desculpa, eu não consigo mais. – Sorri fraco.
- Tudo bem. – Ele sorriu.
- Eu preciso ir. – Tentei sorrir.
- Ok, eu vou com você. – Sorriu.
- Não. – Ele parou assustado. – Eu queria ir sozinha, só hoje? Pode ser? Eu quero aprender o caminho da minha casa. Tudo bem?
- Tá... tudo bem.
- Amanhã eu aceito sua companhia, ok? – Disse pegando minha mala da cadeira.
- Ok, será que eu posso te levar em um lugar amanhã depois da aula?
- Claro, bom. Eu vou indo. – Fui em sua direção e o abracei. Foi um abraço diferente, mais apertado.

Saí de lá e fui em direção à saída da escola.
Saí da escola e mais para frente, vi um vulto de skate, este vulto me empurrou e eu caí em cima da minha perna, mas que merda, que cisma é essa com a minha perna, hein?
Levantei com um pouco de dificuldade e fui em direção à minha casa. Entrei e subi rapidamente para o meu quarto, minha mãe estava dormindo no sofá e minha tia devia estar no mercado.
Já lá em cima, entrei em meu banheiro, e enfiei meu dedo na garganta e vomitei. Me senti mais leve. Escovei meus dentes e passei uma água no rosto, bem melhor assim.

Justin POV

S/N. Nome lindo. Ela também é linda. Eu vi o que a Lira fez com ela, como ela pode ser tão má? E já estou até prevendo, se o Harry se aproximar mais da S/N (que eu já decidi que é minha), a Lira vai aprontar pra S/N. Já estou até vendo.
Saí da escola com o sorriso de S/N na cabeça, fui para a pista de skate e encontrei a Lottie (vocês sabem que na fic, a Selena que é a Lottie/Charlie/Charlotte, né? Ok) e o Harry lá.

- Oi manolos!
- Oi Ninja. – Disse a Lottie.
- Oi Stefan. – Disse Harry, meio sério.
- Oi cara... o que houve? – Disse cínico, mesmo sem saber o que aconteceu...
- Eu vi você e a S/N. Você sabe que eu tô afim dela, por que se aproximou dela?
- Uma: se você nos viu juntos, deve ter visto o que a Lira fez com ela, e por sua causa. Outra: Se a Lira pega vocês juntos, ela vai humilhar a S/N, na frente da escola inteira. Não basta a humilhação que o ex-namorado dela a fez passar?
- Mas a Lira não é nada minha.
- MAS ELA SE VÊ COMO SUA NAMORADA AINDA IDIOTA!
- Eu estou pouco me fodendo para isso, eu vou ficar com a S/N e pronto.
- Não, não vai. Eu vou.
- Então vamos fazer assim. Quem conquistar ela primeiro, fica com ela. E quem não conseguir conquistá-la, fica com a Lira por uma noite.
- Feito.


Oiiee! Tudo bem? Obrigada pelos comentários no outro capítulo, será que consigo mais? #Partiu #Comentar? Então, leiam a Fic - Once Upon A Time e sigam o blog! Divulguem a minha e a da Ana Beatriz no Twitter, Facebook, Google + etc. Malikisses

2 comentários:

  1. adoro o jeito que você escreve ''loira azeda nos observando com uma cara de taxo'' cara eu ri demais nessa hora (eu não sei o porque)parabéns você escreve muito bem. Continua eu to amando!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, obrigada Liamda. Logo eu continuo *-*

      Excluir

Se ler comenta e me deixe feliz! Cada comentário me motiva e me deixa com mais vontade de escrever! Ou seja, quanto mais comentários, mais capítulos!

Love you! Malikisses and horanhugs Xx